Úteis e Fúteis…

Posts marcados ‘PSDB’

Os tucanos e o metrô


Ontem (26/10/2010), foi noticiado a suspeita de fraude nas licitações do metrô.

A lista dos ganhadores foi divulgada no dia 20 deste mês, porém, em abril a Folha já havia registrado em cartório um vídeo onde fala o nome dos vencedores. Esses nomes são os mesmo dos ganhadores divulgados por Alberto Goldman (atual governador de SP), na quarta-feira passada.

Ontem circulou o jornal Folha, que falava sobre a suspeita de fraude nas licitações.

Em muito tempo esta é uma das primeiras vezes que o jornal noticia algo que seja contra o PSDB. Como diz o ditado: Antes tarde do que nunca!

Depois dessa notícia, nem mesmo a poderosa Globo pode ficar alheia a isso. Essa foi uma das principais reportagens em quase todos os notíciários ontem.

Serra, procurado pelos jornalistas, disse que isso não tem ligação com ele por ele não ser mais o governador. Porém a abertura das licitações foi em 2008 quando o candidato do PSDB ainda era governador do estado.

Abaixo você pode conferir os vídeos com as reportagens da Record e da Globo, respectivamente.

Anúncios

PSDB ressuscita a censura


Já sabemos que os tucanos conseguiram censurar a edição número 52 da Revista do Brasil. Sabemos que Beto Richa (PSDB do paraná) censurou pesquisas porque elas mostravam que ele estaria perdendo votos. Sabemos, inclusive, que vários blogs foram atacados para tentar impedir que lêssemos o que lá havia.

O que muita gente não sabe ainda é que agora querem legalizar a censura.

Uma lei que está no congresso há algum tempo está sendo trazida à tona novamente: A lei Azeredo.

Ela parece ter uma boa intenção. Acabar com os crimes cibernéticos, como o download ilegal de conteúdos (música, filmes, programas, etc…).

De acordo com o texto da lei, os provedores de acessos devem armazenar logs de usuários. Assim tudo o que for feito na rede ficará registrado. E isso facilitará encontrar as pessoas que estejam cometendo crimes.

Mas com a atuação de Serra, Richa e outros tucanos, como podemos ter certeza que irão prender apenas criminosos? Será que não vão usar isso como arma pra calar de vez aqueles que se opõem a eles como tem feito nas últimas semanas?

A meu ver, o PSDB continua querendo que o povo volte a era do medo que existia durante a ditadura. Pois qualquer coisa que você faça pode ser considerada errada de acordo com a interpretação e por isso passível de punição.

Para quem quiser saber mais sobre a lei pode clicar aqui. E para quem quiser saber quem é o Eduardo Azeredo (PSDB de Minas Gerais), criador da lei, pode clicar aqui.

Está sobrando dinheiro?


Ontem num post entitulado “Queria ver se…“, comentei sobre o que está acontecendo com os funcionários públicos que trabalham nos AREs (Ambulatórios Regionais de Saúde). Esses funcionários ficam sem orientação de o que fazer depois que os AREs são extintos e substítuidos pelos AMEs. Em um AME trabalham pessoas contratadas em regime de CLT por uma empresa terceirizada. Se um funcionário público que trabalhava num ARE quiser trabalhar em um AME, deve pedir demissão do cargo público e se candidatar para uma vaga junto a empresa responsável pela unidade. Caso queiram continuar sendo funcionários públicos, devem pedir transferência para uma cidade onde ainda exista unidade sob responsabilidade do estado.

Mas o que descobri a pouco me chocou ainda um pouco mais.

Em todos os estados existem as DRSs (Diretorias Regionais de Saúde). Essas diretorias são responsáveis pela área da saúde em determinadas regiões. Em cada estado existem várias unidades dessas diretorias e todos os seus funcionários são concursados. Desde as auxiliares de serviço (responsáveis pela limpeza) até os diretores. Eu disse todos? Bom, assim eu imaginava que era. Mas descobri que há alguns anos o estado de São Paulo (governado pelo PSDB há 16 anos) decidiu terceirizar o serviço de limpeza. Então, algumas pessoas de uma empresa privada contratada pelo estado, cuidam da limpeza dessas unidades. Já as auxiliares de limpeza que são concursadas ficam sem função.

Já que não podem mais fazer a limpeza, elas estão sendo remanejadas nessas unidades e lhes está sendo atribuídas outras funções. O problema está no fato de que funcionários concursados só podem trocar de cargo através de um novo concurso público. Então esses auxiliares de limpeza concursados e que estão sendo utilizados em outras funções continuam recebendo sálario como auxiliares de limpeza (conheço muitas pessoas que trabalham no DRS X, aqui em Piracicaba e sei que alguns desses funcionários estão fazendo serviço pelo qual deveriam receber até 4 vezes mais do que recebem se tivessem sido contratadas para a função que exercem atualmente). Isso é crime previsto em lei, caracterizado como desvio de função.

Eu só não entendo uma coisa: se as unidades já possuem funcionários que prestaram concursos e foram aprovados para fazer a limpeza dessas unidades porque o estado contratou uma empresa terceirizada para a mesma função? Está sobrando tanto dinheiro assim no estado? Se está sobrando, deveriam aplicar em outras áreas mais necessitadas como por exemplo a educação, a segurança pública, etc…

A mídia e a censura tucana


Por várias e várias vezes vi o Serra acusar Dilma e o Lula de quererem censurar a mídia, conforme mostra essa reportagem: Serra acusa PT de censurar e intimidar imprensa

O que o Serra não esperava é que descobrissem que ele e o partido fossem denunciados pelas mídias que agora estão censurando.

Esse mês a Revista do Brasil, teve sua edição número 52 censurada. A turma do PSDB pediu e conseguiu  a censura dessa edição alegando que a revista faz campanha pró-Dilma. Pode verificar isso numa nota divulgada no site da revista.

Bom, todos nós sabemos que a revista Veja, hoje sabiamente chamada por boa parte dos usuários do twitter de #vejamente, faz campanha pró-Serra, mas nem por isso Dilma pediu que a revista fosse censurada.

Acham pouco? Não se preocupem, eu tenho mais.

Beto Richa (PSDB) pediu a censura de pesquisas eleitorais no Paraná. Sabem por que? Porque as pesquisas mostravam que  ele estava perdendo intenções de votos. Não acreditam? Podem ler mais aqui e aqui.

Beto Richa chegou a vigiar até o twitter pra ter certeza de que nenhuma dessas pesquisas seriam publicadas. Maurício Betti (publicitário paranaense) recebeu uma notificação porque postou em 112 caracteres uma suposta pesquisa que mostrava que a diferença entre Richa e Osmar Dias (PDT) tinha sido reduzida a 6 pontos percentuais. Caso o Maurício Betti não deletasse o post do Twitter, ia ter que pagar multa de R$ 50 mil.

Me responda Serra: Quem é mesmo o censurador? Lógico que se ainda estiver sofrendo com  a contusão causada pela bolinha de papel, não vou ficar insistindo que responda, já que necessita de repouso.

Loteamento do Governo


Na edição 647 da revista Época de 11/10/2010, Marina Silva, que foi candidata à presidência pelo PV (Partido Verde), foi um exemplo fantástico de integridade.

Serra tentou fazer loteamento do governo com Marina, isto é, ofereceu cargos no governo em troca de apoio.

O candidato do PSDB sempre acusa Lula de usar essa tática para se manter no governo. Porém, pelo que podemos ver na página 54 da revista, ele decidiu usar da mesma tática que considera errada.

Cuidado Serra… Nunca se deve cuspir pra cima… Uma hora ou outra o cuspe pode cair na sua cara. Ou vir em forma de bolinha de papel.

Acham mesmo que Marina Silva aceitaria cargos do 2º escalão?

Tenho certeza que a candidata não aceitaria proposta desse teor, não importando qual fosse o partido. Seja PT ou PSDB, Marina sempre manteve sua posição de que é uma pessoa íntegra e de cárater.

Acho que nem mesmo a bolinha de papel aceitaria uma proposta tão baixa.

Veja abaixo a parte da matéria a que me refiro:

Eleições 2010 – Nada de novo


Acabou a pouco o debate entre José Serra do PSDB e Dilma Rousseff do PT que passou na Rede Tv.

Os dois candidatos à presidência usaram o tempo para fazer acusações entre si, porém evitaram as questões polêmicas.

Perguntas sobre Erenice Guerra e Paulo Vieira de Souza (o Paulo Preto) só foram respondidas no 3º bloco quando a jornalista Renata Lo Prete questionou o Serra e a jornalista Patrícia Zorzan questionou Dilma…

Quanta a Erenice Guerra, a candidata do PT respondeu: “Eu vejo a situação da Erenice com muita indignação. Não concordo com a
contratação de parentes e amigos”

Já o candidato do PSDB quando questionado sobre o Paulo Preto disse: “Eu sou vítima disso”, negando que tenha dito não conhecer o ex-diretor da Dersa. “Me perguntaram se eu conhecia um Paulo Preto e eu disse que não, pois o conheço como Paulo Souza”

Em alguns momentos deu pra perceber que o candidato Serra por mais de uma vez enrolava pra não responder as perguntas realizadas por Dilma. Ele falava sobre outros assuntos e usava apenas de 10 a 20 segundos para responder sobre a pergunta.

Quem esperava conseguir ver alguma novidade para tomar a decisão sobre seu voto no dia 31 de outubro deve ter continuado indeciso, pois nada de diferente foi dito…

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: