Úteis e Fúteis…

Posts marcados ‘Protesto’

Manifestantes desafiam toque de recolher na Tunísia


Milhares de manifestantes desafiaram nesta segunda-feira o toque de recolher na Tunísia e mantêm esta noite seu protesto diante do Palácio de Governo na capital do país, exigindo a saída de todos os ministros do regime anterior que permanecem no atual Executivo de transição, tal como a agência EFE pôde constatar.

Momento histórico

A Tunísia começou a viver um forte turbulência social há cerca de quatro semanas, quando jovens e estudantes iniciaram protestos contra os altos índices de desemprego na ruas da capital Túnis. As manifestações logo tomaram vulto e assumiram uma conotação política, criticando a falta de liberdade política no país.

O governo se viu obrigado a agir. Em meio a pedidos de calma à população, o então presidente Ben Ali anunciou o fechamento de universidades e escolas, enquanto o Exército saía às ruas para frear as manifestações. Passaram a haver confrontos regulares, gerando um número ainda incerto de mortos, mas que já passa de 70, segundo dados do governo.

As medidas não foram suficientes, e Ben Ali se viu obrigado a deixar a Tunísia na última sexta-feira, 14 de janeiro, passando o controle do país para o Exército e o comando interino do governo para o primeiro-ministro, Mohammed Ghannouchi. Com a fuga, encerra-se um longo período de governo, iniciado em 1987 e durante o qual Ben Ali se reelegeu diversas vezes.

Sem a presença do ex-ditator, a Tunísia começa a caminhar na direção de um novo cenário político. Na segunda-feira, 16 de janeiro, o comando interino tunisiano convocou a formação de um governo de união nacional para funcionar durante o período transitório até as próximas eleições, convocadas para dentro de seis meses. Presos políticos também receberam anistia, e todos os partidos políticos serão legalizados.

Anúncios

Sandra de Sá protesta


– Eu estava indecisa até quarta-feira, mas resolvi que vou votar na Dilma. Me identifico com a luta pela igualdade racial neste governo. Não sou contra ninguém, sou a meu favor.

Esta foi a declaração de Sandra de Sá após saber de um manifesto pró-Serra nesta quinta-feira e que continha seu nome como sendo uma das pessoas a apoiar o candidato.

Além dela, também se manisfestaram contra o fato de ter seus nomes divulgados a favor do tucano sem autorização o cantor Ivan Lins e o escritor Affonso Romano de Sant’Anna.

— Ivan Lins não apoia nenhum dos candidatos à Presidência no segundo turno. Qualquer informação nesse sentido é falsa. – disse a produtora Erkica bueno, responsável pelo Twitter de Ivan Lins.

Já o escritor Affonso Romana de Sant’Anna escreveu o seguinte em seu blog: ” Meu nome aparece encabeçando manifesto pro-Serra e no twitter dizem que posso ser Ministro da Cultura. Esclareço que não assinei manifesto para nenhum dos dois concorrentes nem almejo aquele cargo.”

Por outro lado

Ruth Rocha (escritora de livros infantis) também se mostrou contrária ao fato de seu nome constar em uma lista de apoio a candidata petista Dilma Rousseff.

Eu não a apoio. Incluir meu nome naquele manifesto é um desaforo! Mesmo que a apoiasse, não fui consultada. Seria um desaforo da mesma forma”, escreveu a autora, que avaliou que o fato revela “falta de educação e a porção autoritária cada vez mais visível no PT. – disse a escritora.

A Globo contra a… Globo!


Estava eu twittando tranquilamente em casa, quando me deparei com um tweet que me chamou a atenção. Era sobre um protesto ao vivo na Globo contra a própria emissora. Fui verificar o vídeo que seguia no link do tweet e adorei ver a cara da repórter quando ela lê o cartaz que um manisfestante segura.

Confira o vídeo abaixo:

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: