Úteis e Fúteis…

Posts marcados ‘Estatuto da Criança e do Adolescente’

Reparação e Repúdio


Esse meu post será dividido em 2 partes e tem por objetivo fazer uma reparação de um erro meu cometido aqui em meu blog. E um repúdio às acusações que Eduardo Homem de Carvalho tem feito em seus blogs.

Reparação

Em um post entitulado “Essa é para quem bebe” eu havia utilizado a foto de um bebê sentado no colo de uma mulher. Nessa foto a criança estava com uma de suas mão agarradas a uma taça enorme de cerveja e seu rostinho dava a impressão de ela estar embriagada. Encontrei essa foto numa busca que fiz por imagens sobre bebidas no Google Imagens.

Achei que a foto daria um tom mais descontraído para ilustrar a matéria. E assim fiz.

Porém ontem à noite fui alertado por um post no blog do Eduardo Homem de Carvalho onde ele cita o Art. 5º do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) para denunciar-me pelo crime.

Esse artigo do ECA diz o seguinte:

Art. 5º do ECA – Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma denegligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão, punido na forma da lei qualquer atentado, por ação ou omissão, aos seus direitos fundamentais.

Deixo claro aqui que não sou um jornalista e muito menos um advogado. Também nunca tive acesso ao ECA para estudá-lo. Por isso eu não tinha plenos conhecimentos do que é dever e direito de acordo com o ECA.

Assim sendo, agora que possuo conhecimento de tal, alterei a imagem que ilustrava meu post, colocando a imagem abaixo:

Repúdio

Agora vou explicar minha segunda parte.

Já faz alguns dias que eu e um amigo do Twitter (além de outras pessoas no Twitter) estamos sofrendo agressões constantes por parte de Eduardo Homem de Carvalho.

Toda a discussão começou por ideais políticos. Eduardo Homem de Carvalho é defensor do PSDB enquanto eu e as outras pessoas atacadas no Twitter somos defensores do PT. Isso por si só já fez com que ele tentasse mudar nossa opinião a respeito do partido que somos a favor. A conversa começou animada e descontraída de ambas as partes. Porém ao perceber que não estava conseguindo mudar nossos ideais, Eduardo Homem de Carvalho começou a fazer acusações graves e mentirosas a respeito do partido. Numa dessas acusações, feita no sábado (30/10/2010 – véspera das eleições), chegou a acusar a, hoje eleita presidenta, Dilma Rousseff, acusando-a de ter pego em armas e de ser uma assassina. A minha resposta para ele foi de que seu comentário foi baseado em documentos forjados na época da ditadura (como é de conhecimento público) e que de acordo com esses documentos Serra era acusado dos mesmos crimes mas, que a diferença estava no fato de que o Serra conseguiu fugir do país enquanto Dilma ficou e foi presa.

Esse debate levou um bom tempo e mesmo os dois lados sendo um pouco agressivos, eu ainda estava levando tudo na cordialidade. Porém, na manhã deste domingo dia 31 de outubro ele mandou um post. Eu o respondi dizendo que não dirigisse mais a palavra a mim. Sobre a acusação falsa que ele faz na imagem abaixo você pode ler mais no post “Preconceito e Vingança“.

Depois disso, eu e ele começamos uma longa discussão no Twitter, até que finalmente ele decidiu me deixar em paz.

No mesmo dia, fiquei sabendo que ele havia iniciado uma outra discussão com um de meus amigos no Twitter e com outros amigos dele. E no mesmo dia o Eduardo Homem de Carvalho havia postado em 2 blogs falsas acusações contra essas pessoas com quem havia brigado. Para esse post utilizou-se de tweets enviados pelas pessoas sem mostrar aos leitores do blog qual era o contexto da conversa para que aquelas frases fossem proferidas. Ao saber disso fiquei indignado. Meu amigo, perguntou se eu já havia visto o texto. Respondi que ainda não e que se eu achasse necessário eu iria denunciar Eduardo homem de Carvalho em meu blog. Então meu amigo contou que iriam fazer uma carta pública de repúdio a ele, pedindo a retratação (já que o post continha várias acusações falsas, algumas delas inclusive, muito graves) e me perguntou se eu poderia publicar em meu blog. O que respondi positivamente.

No fim das contas, meu amigo contou-me que haviam desistido de fazer a carta (estavam pensando qual seria a melhor maneira de fazer a denúncia dos abusos). Como eu estava muito indignado com tudo o que Eduardo Homem de Carvalho estava fazendo, eu decidi por conta própria escrever o artigo “Preconceito e Vingança“. E para isso pedi que meu amigo e os amigos dele me mandassem prints mostrando a maneira grosseira e preconceituosa com que ele trata as pessoas, além dos posts em que ele faz acusações falsas a respeito de meu amigo e do professor dele (todas essas imagens estão presentes no post citado acima).

Quando Eduardo Homem de Carvalho soube que eu havia feito o texto, começou a se dirigir a mim como o “transformista Eddy Gueller”, com meu nome escrito dessa maneira errada mesmo. Aqui quero dizer duas coisas: 1º – Ele me tratou como o transformista pelo simples fato de saber que sou gay. Não chegou a fazer nenhuma pesquisa pra saber o que estava dizendo sobre mim e 2º – Não me importo com o fato de me tratar como o transformista (até porque admiro muito os shows de Drags Queens, principalmente as caricatas como Raimundinha, Silvetty Montilla, Nanny People, entre outras). Sou contra ele ter me tratado assim porque falou de forma pejorativa, dando a entender que se sou transformista estou abaixo do nível de outras pessoas. A prova disso está na outra imagem abaixo, onde ele deixa claro que por esse ser um “blog gay”, de acordo com Eduardo Homem de Carvalho, não tem nível pra defender alguém. Que pelo simples fato de não ser um hetero a estar defendendo a pessoa, o nome dessa pessoa estaria na lama.

Pouco depois disso recebi uma mensagem via Twitter enviada pelo Eduardo Homem de Carvalho já informando que iria se vingar por eu ter postado algo contra ele. Nós trocamos mais alguns posts (quem quiser tenho todos os prints guardado comigo). Foi entre esses tweets que ele me enviou o post criado onde comenta sobre o crime que cometi contra o ECA (o qual eu já expliquei na 1ª parte desse texto). E em seu ultimo post direcionado a mim ele explica o porquê que criou o post contra mim. De acordo com o post foi porque criei o Texto “Preconceito e Vingança” para “proteger” o professor. Ele não entendeu que o texto era pra denunciar não uma atitude dele, mas sim TODAS.

Abaixo está o post dele da maneira que ele publicou. Eu só tive que colocar um círculo para esconder a criança, pois se deixasse a imagem como estava eu estaria reincindindo no crime contra o Art 5ª do ECA. No post ele faz questão de dizer que este é um blog “100% gay”. Embora eu seja gay assumido, gostaria de chamar a atenção de meus visitantes para o fato de que só tenho um post falando sobre gays que é o “Músicas Gays Feitas por Gays“. Quem acompanha o blog desde seu nascimento tem total consciência disso. Ele se referiu ao blog como “100% gay” apenas para reforçar o preconceito das pessoas pois, de acordo com os pensamentos dele, o fato de eu ser gay faz com que o crime ao ECA seja ainda maior.

Esse post chegou a receber os comentários abaixo até o momento em que terminei esse texto. Quero que percebam que cheguei a ser declarado pedófilo em um dos comentários. Reforço que eu não tinha conhecimento da lei e por isso eu não sabia que estava infringindo o ECA. Quanto ao comentário que me chama pedófilo, a conclusão que chego foi que a pessoa atrelou isso ao fato do o blog ser “100% gay” de acordo com o Eduardo Homem de Carvalho. Essa foi uma acusação gravíssima, que poderia ter sido evitada se eu tivesse sido alertado antes que estava cometendo um crime.

Por tudo isso, minhas conclusões são as seguintes:

Eu considero absurda a maneira que Eduardo Homem de Carvalho tem agido nesses últimos dias. Não sei se ele é assim sempre, já que tive contato com ele pela primeira vez na semana passada. Mas pela maneira que vem agindo parece que isso vem de longa data.

Eu também não sei exatamente qual é o currículo dele, mas afirmo que mesmo que ele tenha diploma em jornalismo, me recuso a chamá-lo de jornalista. Pois um jornalista deve tratar os assuntos com imparcialidade. Um jornalista deve sim fazer denúncias. Mas de maneira imparcial sem tomar partido para um ou outro lado. No blog que ele tem hospedado no site http://www.sidneyrezende.com/blog/eduardohomemdecarvalho podemos observar que ele faz campanha partidária o tempo todo a favor do PSDB fazendo de tudo para desmerecer o governo petista. Ele tem todo o direito de fazer isso como blogueiro. Porém, seu blog está hospedado em um portal de notícias e, o fato de ele se denominar jornalista, faz com que ele e seu blog estejam contra os ideais do site onde esta hospedado.

Por inúmeras vezes, ele fez acusações falsas e as espalhou como verdadeiras, como explica o post escrito anteriormente por mim e que comenta tudo o que ele tem feito. Os donos do site onde ele hospeda seu blog já foram alertados sobre o que vem acontecendo e eu espero sinceramente que uma atitude seja tomada contra esse tipo de “jornalismo”.

Volto a acrescentar que eu não conhecia o que dizia o ECA, e por isso agradeço o fato de ele ter me alertado sobre a infração. Porém se tivesse dito isso pra mim antes de postar algo contra mim, eu já teria feito a alteração. Falo isso porque ele não teve em nenhum momento a vontade de postar aquilo apenas para denunciar algo, mas sim por vontade de vingança por eu ter revelado suas atrocidades.

Ele está preparado para acionar a justiça contra mim. Tudo bem, eu errei e por isso devo pagar. Não acho que ninguém está acima da lei e se a justiça achar que devo pagar de alguma forma eu acato a decisão dela sem nenhum problema. Mas peço para que o Eduardo Homem de Carvalho se atente também aos crimes dele. Crimes esses que tem gerado desconforto a mim e a outros e que já estão registrados para que a justiça possa usar como provas se achar necessário.

Por último deixo aqui algo que descobri enquanto eu escevia esse post. O Eduardo Homem de Carvalho além de ter me chamado de “transformista Eddy Gueller” de forma agressiva pelo Twitter, andou espalhando via e-mail para várias pessoas uma mensagem onde novamente se dirige a mim como ” um transformista”. Fora isso,  reforçou que pelo fato de o nome de um professor estar nesse blog iria prejudicar a carreira do professor. Esse e-mail foi encaminhado a mim, por uma das pessoas que o recebeu de Eduardo Homem de Carvalho. Além de enviar para várias pessoas tentando denegrir minha imagem ao me chamar de “transformista”, ele fez questão de enviar o email para a universidade onde o professor trabalha. Fez isso com a intenção de prejudicar a imagem do professor na faculdade, além de denegrir minha imagem. Podem conferir esse e-mail na imagem abaixo:

E junto ao email anexou a uma imagem mostrando minha conversa com meu amigo no twitter completamente fora de contexto:

Reforço aqui mais uma vez meu desejo de que esse tipo de “jornalismo” seja evitado. Que providências sejam tomadas a respeito das mentiras que Eduardo Homem de Carvalho vem espalhando pela internet. E que ele aprenda que ninguém está acima de ninguém.

Não é a primeira vez que o denuncio em meu blog. E, se por algum motivo, ele tentar realizar mais algum tipo de agressão dirigida a mim (seja, pela internet, por telefone, carta, pessoalmente ou qualquer outra forma) já deixo explícito que minha próxima denuncia não será apenas no blog, mas também na justiça.

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: